06 junho 2010

Jelly-Fish

Um dos meus maiores medos é estar um dia no mar a curtir altas ondas, sem fato, alto sol e de repente aparecer um tapete de águas-vivas ou fazer um bico de pato e levar com uma água viva mesmo na cara. Infelizmente já me aconteceu os dois casos mas estava com fato e ainda não usava botas.
1º caso estava eu no Porto Martins, sozinho mais ou menos nesta época em que elas estão grandes e bem rochas cheias de veneno, vindo do nada um lençol delas em que nem tinha espaço para meter a mão para remar, saí aos gritos de pânico e quem me visse ia dizer que devia estar louco.

jelly fish from supernova99 on Vimeo.


2º caso estava eu no Porto Afonso, sozinho belo diz de sol, mar aparentemente limpinho e sem águas vivas, faço um bico de pato e levei com uma mesmo na zona boca, queixo e pescoço. Devia ser a única por ali, tal azar. Esta tive que ir ao Centro de Saúde porque para além do ardor, senti-me enjoado e parecia ter as articulações do pescoço e boca todas presas.

Jellies from youdiejoe on Vimeo.


Tenho mais fobia águas vivas que de Tubarões. Já sai várias vezes do mar por causa das águas vivas do que por causa de tubarões.

Elas andam aí...!

3 comentários:

Pae I ka Nalu disse...

Também já tive uns episódios semelhantes! No ano passa do por exemplo entrei cedinho no pópulo, para uma matinal antes de ir trabalhar e, sai da água 5 minutos depois, a água estava "pilhada" de águas vivas, levei uma no pé e na mão e sai da água como quem vê o diabo! Quando trabalhava como Nadador Salvador era o "pão nosso de cada dia" chegava-se a gastar um frasco de 1 litro de amoniaco (que era o que se usava na altura) num ápice. Abraço e boas surfadas livres de águas vivas

cortomaltese9 disse...

podes crer...está cheio delas e tb caravelas...sábado foi dar uma volta à vela e nem te conto a quantidade de caravelas que vi na costa sul....milhares.

Houve um ano que o mar está cheio de águas vivas e deu durante uns dias nas contendas...entrava eu de fato, botas e luvas de lavar loiça...

Filipe Barata disse...

Já fui para o hospital de Angra por causa de uma que levei no braço, numas inchas do Terreiro. Inchou de tal maneira que perdi a mobilidade do membro.
Assusta e há razão para assustar. Mais uma adversidade para testar a paixão!. Abraço Barata